se vai ao longe? ou nunca se chega? Em terras do Índico, vamos abrandar...
19
Dez 10
publicado por devagar, às 17:09link do post | comentar |

Tenho vivido neste gelado Norte; a viajar com o credo na boca por causa dos persistentes nevões e dos aeroportos bloqueados - a natureza mais forte que a tecnologia; a observar com atenção como, neste hemisfério rico, se pensa na crise em termos de menos euros para gastar, a subsistência - claro está - sempre garantida, em causa sobretudo o supérfluo. Ainda assim e sem dúvida crise, mas talvez de outras coisas.

Sobre isso pouco a dizer, até porque para a sobrevivência de todos, o grupo que se dedica com afinco, criatividade e persistência às compras faz maningue falta. Mas confesso que me incomoda esta coisa do Natal, visto em termos da quantidade, do ter, do comprar.

E dou por mim, a escassos dias do Natal sem uma compra feita, um menu pensado, e sem qualquer vontade de entrar nesse esquema e - e isto é admirável - a pensar também que a coisa me interessa pouco. Talvez influências de um distante, saudoso e lento Índico.

Gosto.

Também, pelos debates que vejo na televisão dos promitentes presidentes desta república à beira Atlântico, reparo que a pobreza está em alta no teor dos argumentos, referências à importância de ter visto putos a correr atrás de galinhas para roubar o sustento que as ditas levavam no bico, a putos a ir descalços e com frio para a escola, esgrimem-se argumentos que me parecem mais pertencerem a debates da televisão de países em desenvolvimento, que da mimada UE. As questões político-constitucionais omissas: dará muito trabalho estudá-las?

Tenho saboreado bastante as teias de afectos que por cá deixei.

Gosto muito.


Networkedblogs
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
URL
http://devagar.blogs.sapo.pt
Follow luisa385 on Twitter
clustermaps
Live Traffic Feed
blogs SAPO